Qual é a melhor rede social para o seu negócio? - CMC Multimídia

Qual é a melhor rede social para o seu negócio?

redes sociais

Em um mundo cada vez mais dinâmico e conectado, o empreendedor sabe que sua loja não pode ficar de fora e muito menos escondida das pessoas.

Só que as empresas precisam encontrar o seu público nas redes sociais, e não apenas buscar o melhor ponto de contato físico. Para que se tenha uma ideia, uma pesquisa da Secretaria de Comunicação Social (Secom), do Governo Federal, revelou que 92% das pessoas que usam a internet estão nas redes sociais.

Com tantas redes diferentes e suas diversas formas de interagir com o público, fica difícil de definir a melhor para trabalhar o seu negócio. Para ajudá-lo nesta tarefa, o blog da CMC Multimídia listou as principais características de cada uma das mídias sociais mais utilizadas pelas pessoas. Descubra quais as melhores vantagens para a sua empresa.

FACEBOOK

O Facebook ainda é a rede social mais utilizada pelos brasileiros segundo o levantamento da Secom, com 83% da população que acessa a internet regularmente. A rede surgiu em 2004, mas só se popularizou mesmo por aqui no começo dessa década. Com o surgimento de outras redes e a febre dos aplicativos, o crescimento do Facebook desacelerou nos últimos anos. Ainda assim, segue sendo a principal rede social em número de usuários – relatório do Facebook aponta para mais de 1,4 bilhões de usuários.

Conteúdos escritos, fotos, vídeos e gifs são maneiras de interação entre seus usuários.  Com relação às empresas, as páginas tem que se diferenciar dos perfis comuns, pelo fato de que é possível “curtir” a página e seguir suas atualizações.

É uma das redes sociais mais abertas para o investimento de empresas e conta com várias ferramentas para ajudar os administradores a cuidar de suas fan pages. É possível, ainda, investir em links patrocinados para garantir que seus posts alcancem mais pessoas, e ainda é possível direcionar a postagem de acordo com o perfil do público. A rede possibilita segmentar a publicação e até mesmo o contato direto, através de mensagem privada pela própria página.

Hoje são mais de 2 milhões de anunciantes ativos na plataforma. O Facebook é uma ferramenta intuitiva e bem simples de administrar, por isso não deve ficar de fora do seu planejamento digital.

TWITTER

Foi o Twitter o responsável pela popularização do termo “microblog” em 2006. Em apenas 140 caracteres, a rede social ganhou o mundo. Os usuários podem seguir os perfis que os interessam, mandar mensagens privadas e ainda publicar fotos e vídeos.

É uma excelente forma de garantir uma interação rápida e direta com os usuários e de divulgar promoções e novidades da sua empresa de maneira objetiva.

No Twitter todo cuidado é pouco. Como a plataforma é dinâmica e rápida, seus seguidores devem seguir outras marcas e pessoas, e sua publicação só será vista se o seu seguidor entrar no seu perfil. Por isso, o Twitter é recomendável para empresas que tenham a possibilidade de atualização constante da página, renovando o conteúdo para evitar que os outros tweets soterrem o seu. Não aconselhamos você a manter uma conta no Twitter se não for atualizada periodicamente.

INSTAGRAM

Um dos aplicativos que mais cresceram nos últimos anos e que espalhou a prática cultural do autorretrato, o que chamamos “selfie”. A interação se dá por meio de fotos e mini vídeos. O aplicativo tem, atualmente, mais de 300 milhões de usuários no mundo, de acordo com o Facebook, dono do aplicativo.

Embora só recentemente esteja testando a inserção de publicações patrocinadas na timeline dos usuários, muitas empresas já estão usando, por conta própria, para propagar ideias comerciais.

É a plataforma ideal para quem trabalha com produtos que tenham um apelo visual forte, como roupas, artigos de decoração, produtos de beleza e etc. Dica do blog, o Instagram preza por imagens muito bem trabalhadas, então vale a pena fazer algum investimento técnico antes de sair postando qualquer coisa.

GOOGLE+

Semelhante ao Facebook e, portanto, seu concorrente direto, o Google+ também é uma rede que abre muitas opções para o empreendedor. É possível publicar textos, imagens e vídeos e também seguir pessoas e empresas.

Segundo uma pesquisa da Pew Research, o G+ tem se tornado uma rede popular entre os adolescentes de 13 a 17 anos. Cerca de 33% deles usam a rede social do Google, segundo o mesmo relatório.

Recentemente, o Google anunciou que faria inúmeras mudanças na plataforma e dividiria a rede em conteúdos, bate-papo e fotos. Esse pode ser um avanço muito grande, e vale a pena ficar de olho e participar dessas mudanças.

YOUTUBE

É a maior plataforma de publicação de vídeos, com mais de 1 bilhão de usuários. O site se tornou uma rede social, uma vez que é possível comentar, compartilhar, curtir os  vídeos, e os próprios  “youtubers” – expressão criada para denominar as chamadas pessoais que produzem os conteúdos – interagem com sua audiência.

As possibilidades, quando se mantém um canal criativo no YouTube, não para por aí. Você pode se diferenciar dos concorrentes aproveitando o potencial da gravação para criar conteúdos que tirem dúvidas, que comparam produtos, que mostre as funcionalidades e benefícios, provando o quanto o produto é eficiente.

Vale lembrar, também, que é preciso planejar o conteúdo nessa plataforma. Saber alinhar os vídeos com o seu público e levar em consideração onde a maioria deles está e qual é o canal que eles mais acessam, do contrário você poderá acabar solitário. Então, vale muito a pena incluir vídeos nas descrições de produtos no seu site.

 

Não existe uma rede social específica que agregue um ótimo resultado de negócio. Todas elas juntas, se complementam. É importante planejar e definir os objetivos para trabalhar dentro delas. Esse planejamento deve ser feito em cima do segmento de trabalho que a empresa atua e o seu público-alvo. Uma dica simples para começar é a seguinte, invista em uma rede, conheça essa rede, assim como todos os seus diferenciais e potencialize os resultados dentro dessa. E a partir disso, aos poucos, vai migrando a empresa para outras plataformas, de forma que uma agregue a outra.

Aceitamos os Cartões:

Pelas redes sociais compartilhamos as novidades e trabalhos realizados.